Aplicativo do serviço de streaming Sony Pictures Core chega ao PS4 e PS5

Membros PlayStation Plus Extra e Deluxe contarão com catálogo selecionado de até 100 filmes, atualizado periodicamente e outros benefícios.

A Sony anunciou hoje (5) via PlayStation Blog que o aplicativo Sony Pictures Core, do seu serviço de streaming substituto do Bravia Core, já está disponível para PS4 e PS5 em locais selecionados.

Sony Pictures Entertainment produzem muitos filmes fantásticos e hoje tenho o prazer de contar a vocês sobre nossa nova colaboração para fornecer à comunidade PlayStation acesso a alguns desses filmes memoráveis ​​nos consoles PS5 e PS4.

Depois de se inscrever* no Sony Pictures Core no seu PS4 ou PS5, você poderá comprar ou alugar até 2.000 filmes** diretamente do seu console. No lançamento, isso incluirá sucessos de bilheteria** como Spider-Man: Across the Spider-Verse, Spider-Man: No Way Home, Uncharted, The Equalizer, No Hard Feelings, Bullet Train e Ghostbusters: Afterlife, entre outros.

Companhia destaca que com o Sony Pictures Core no PS5 e PS4 (ainda indisponível no Brasil), jogadores poderão assistir “filmes selecionados da Sony Pictures durante uma janela de acesso antecipado exclusivo – direto do seu console.”

No Reino Unido, França, Alemanha e Japão, o primeiro filme com acesso antecipado será Gran Turismo: De Jogador a Corredor, atualmente disponível através do Sony Pictures Core nos EUA, Canadá, Austrália e Nova Zelândia, e estreará em breve em mercados adicionais.

Na compra de Gran Turismo através do serviço de streaming, é disponibilizado crédito para uma compra no jogo GT7, incluindo os carros apresentados no filme.

PlayStation Plus

Membros do PlayStation Plus Extra/Deluxe, terão vários benefícios e acesso a um catálogo selecionado de até 100 filmes, livre de anúncios e atualizado periodicamente, que já conta com filmes como Looper, Kingsglaive: Final Fantasy XV, Elysium e Resident Evil Damnation.

Silent Hill: Ascension recebe data de lançamento

Cyberpunk 2077: Phantom Liberty vendeu 3 milhões de cópias na primeira semana