Atriz de The Last of Us HBO diz que o coração do público vai quebrar de forma diferente

Na coletiva de imprensa que aconteceu nesta sexta-feira (02) no Palácio Tangará, em São Paulo, o elenco de The Last of Us HBO que estará presente no evento CCXP22 neste próximo sábado (03) juntamente com os produtores do show, Neil Druckmann e Craig Mazin, falaram de mais detalhes sobre a produção e suas experiências com o jogo.


Pedro Pascal e Bella Ramsey

Ator de Joel, Pedro Pascal, diz que eles nunca haviam trabalhado com esse tipo de material diferente.

É fascinante para todos nós, é um material diferente, nós nunca havíamos trabalhado com isso. Acho que, de alguma forma, nós todos estamos ‘nascendo' — essa é uma boa palavra —, estamos nascendo juntos. Aliás, o nascimento é um processo lindo [risadas].

Ele também foi questionado sobre o que aprendeu com a produção e seus personagens, no qual ele responde falando sobre a profundidade do material original e a preparação para dar vida ao projeto.

Foi fascinante. É um material diferente, mas o original é muito informativo. Nós demos a luz ao projeto juntos.
Estudamos muito, mas foi necessário pra ajudar a montar o quebra-cabeça. Então fizemos isso juntos. Estávamos grávidos e demos a luz. Colocando isso de maneira que ninguém fez antes.

Imagem: @GoodNerd23


Atriz que interpreta a Ellie, Bella Ramsey, falou sobre não ter muita experiência com jogos. O produtor Craig Mazin, havia pedido para que ela e Pascal, não jogassem The Last of Us, mas os dois não conseguiram conter a curiosidade.

A parte engraçada é que não somos ‘gamers', então a gente não sabia como mexer nos botões

Ela também falou que o jogo foi muito importante para conhecer a história, já que eles não tinham o material pronto.

Não tínhamos o material pronto. Assistir parte do jogo foi importante pra conhecer a história de fundo, e isso foi diferente, mas legal. Filmamos durante um ano, com muitas condições climáticas diferentes.


Merle Dandridge

Atriz que interpreta a personagem Marlene, tanto dublando a personagem nos games, e agora viverá ela na série, fala da insegurança que teve ao retornar ao papel.

Eu tinha que esquecer que já conhecia a Marlene. E assim passei a entender esse mundo de um jeito diferente, num contexto diferente. Me senti até insegura, mas foi maravilhoso porque era uma equipe fantástica, todos se preocuparam tanto em elucidar aquelas coisas lindas sobre a história.

Merle revela que chorou quando chegou no set de filmagens, por conta do impacto de ver Pedro E Bella em sua frente.

Conhecer os personagens por tanto tempo, e vê-los em carne e osso, foi muito importante. Não só porque Pedro e Bella são talentosos, mas eles trabalharam de mãos dadas, com paixão pelo projeto.


Craig Mazin

Co-produtor da série, Craig Mazin, falou sobre o maior desafio em trazer a experiência do jogo para a TV, pois são mídias diferentes, e com práticas diferentes de abordagem com a atenção do público.

Antigamente a adaptação tentava replicar o jogo, mas The Last of Us não faz isso. A série se inspira na historia, mas leva os personagens além. É uma experiência para assistir.

Craig explica que a motivação de existir a adaptação, é que muitos não jogaram e nem conhecem a história do jogo.

Muita gente vai assistir e ficar tocado. As pessoas vão ficar curiosas e pensar “foi adaptado de video game”? As pessoas vão descobrir um outro universo pra contar histórias.


Neil Druckmann

Para Druckmann, o co-criador do jogo e que também é co-produtor da série, falou sobre “a filosofia foi descobrir o que manter” aquilo que é essencial, e que para cada mídia, existem pontos fortes e fracos.

…quem são esses personagens, os relacionamentos. Como adaptar isso, ir além disso, adaptar uma mídia que tem pontos fortes e fracos pra outra mídia que também tem pontos fortes e fracos?


Gabriel Luna

O ator que interpreta Tommy, o irmão de Joel na série, diz que não tinha um PlayStation e que jogava na casa de um amigo. O ator por ser gamer, teve a oportunidade de jogar, mas que nunca conseguiu terminar o jogo.

Cresci em Austin, então naquela época era diferente. Nunca consegui terminar o jogo. E ano passado, falando de fazer a série, eu sou gamer, então eu tive a oportunidade de jogar. Minha esposa pedia pra tirar o lixo e eu tinha a desculpa que estava trabalhando. Pude explorar o jogo, a história. Mas tinha que jogar uma hora por vez, porque era muito denso. Dois meses depois eu terminei. Fiquei totalmente imerso naquele mundo.

Ele também diz ter achado incrível a produção.

Eles construíram algo incrível. Eu podia tocar tudo, foi muito interessante

The Last of Us estreia no dia 15 de janeiro de 2023 na HBO e HBO Max, a presença de na CCXP22 com Pedro Pascal (Joel), Bella Ramsey (Ellie), Gabriel Luna (Tommy) e Merle Dandridge (Marlene), com os produtores Neil Druckmann e Craig Mazin, acontecerá no dia 3 de dezembro em um painel no Palco Thunder, às 17h (horário de Brasília).

Pedro Pascal e Bella Ramsey apresentarão o The Game Awards 2022

Hideo Kojima publica imagem misteriosa de seu próximo jogo