Microsoft confirma exclusividade de The Elder Scrolls 6 para Xbox

Em mais informações contidas no documento oficial da Microsoft de 111 páginas, enviado ao órgão regulatório do Reino Unido (CMA), para conseguir convencer que não há perigo na compra da Activision Blizzard, a empresa também falou sobre The Elder Scrolls 6, aguardadíssimo jogo da Bethesda (via VG247).

As notícias não são boas, pra quem tinha esperanças de que o jogo não fosse ser exclusivo, pois de acordo com a Microsoft, o jogo será sim, exclusivo. A empresa explica o porquê da decisão.

The Elder Scrolls 6 se tornará exclusivo por se tratar de um jogo de “média escala”.

Curiosamente, aos olhos da Microsoft, o sucessor de um dos jogos mais conhecidos da indústria será de média escala, mas não parece se referir a Call of Dutty da mesma forma.

As decisões sobre jogos de tamanho médio não são evidências dos planos da Microsoft no que se refere a Call of Duty.

Isso pode se dever pelo fato de que seria uma jogada contra eles mesmos dizer que os jogos da Bethesda que estão vindo com exclusividade, como Starfield e The Elder Scrolls 6, tem escala muito grande, pois eles precisam convencer que o mesmo não irá acontecer com Call of Duty, tornando ele exclusivo também de um dia para o outro. O argumento utilizado no momento então para eles tenha sido a melhor saída, dizer que alguns jogos da Bethesda são exclusivos pois são de escopo menor.

Enquanto isso, a disputa pelo fechamento ou não da aquisição bilionária continua.

Série de Twisted Metal tem detalhes da primeira temporada revelados

Primeira DLC de Far Cry 6 será revelada pela Ubisoft na terça-feira (29)