Until Dawn para PS5 e PC contará com um novo modo de terceira pessoa

Mudança eliminará ângulos de câmera fixos do original, permitindo que jogadores explorem locais novos e aprimorados com novas interações.

Imagem/Reprodução

O remaster de Until Dawn para PS5 e PC anunciado no State of Play, está sendo totalmente reconstruído no Unreal Engine 5, e segundo o diretor criativo, Neil McEwan, da Ballistic Moon, via PS Blog, o jogo contará com “mais profundidade emocional, um visual aprimorado e uma paisagem sonora completamente nova que um jogo com um legado tão forte merece”.

Until Dawn foi reconstruído com as mais recentes ferramentas e técnicas. Animações novas e aprimoradas baseiam-se no sucesso das performances originais dos personagens. Personagens, ambientes e efeitos visuais foram atualizados – tudo para uma experiência de terror cinematográfico verdadeiramente aprimorada.

Uma nova câmera em terceira pessoa

Uma das grandes novidades, é que além de usarem “uma paleta de cores cinematográficas mais ampla e novas perspectivas para tornar a história mais sutil e emocional”, McEwan diz que foram “corajosos o suficiente para iluminar os cantos escuros e invisíveis da Montanha Blackwood” e também adicionaram uma câmera em terceira pessoa que elimina os ângulos de câmera fixos do original. O que introduzirá uma perspectiva de terceira pessoa mais tradicional.

Isso permitirá que jogadores possam “olhar por trás da cortina do jogo original, explorando locais novos e aprimorados com novas interações e colecionáveis”, acrescentou.

Incorporando uma câmera de terceira pessoa e adicionando animações contextuais de movimento dos personagens, o jogo agora permite ao jogador realmente sentir a experiência daquela noite fatídica.

Until Dawn será lançado ainda este, apresentando uma nova trilha sonora do lendário compositor de terror Mark Korven e o som do jogo está passando por uma grande reformulação.

Until Dawn ganhará filme do escritor de It, Annabelle e A Freira

O filme em coprodução com a PlayStation Productions é descrito como “uma carta de amor R-rated ao gênero de terror, centrada em um elenco”. Saiba mais aqui.

Gabriel Luna treina seu cavalo da 2ª temporada de The Last of Us

Onde assistir o documentário Grounded II: Making The Last of Us Part II