Dead Space Remake: Devs explicam o terror elevado na Ishimura

O aguardado remake de uma das franquias de terror mais adoradas, chega em janeiro de 2023 nos consoles de nova geração, prometendo uma experiência como nunca vista na saga de Isaac Clarke.

A Motive em publicação no blog oficial, falou mais sobre o processo de criação, e as novidades que estarão na Nave Ishimura.

Essência respeitada, mas elevada

A atmosfera aterrorizante no ambiente da nave é essencial, e manter ela o mais fiel possível também, pois são características muito presentes no jogo original. De acordo com o estúdio, “os fãs mencionaram o ambiente detalhado, claustrofóbico e horripilante da Ishimura como um dos melhores elementos do jogo e do gênero”.

A equipe estava certa de que precisava dar muita atenção a isso quando fosse desenvolver o remake, tanta atenção quanto qualquer personagem.

Roy Tauzon, explica:

A Ishimura é uma nave icônica porque foi tratada como um personagem principal. Muitos detalhes e pensamentos foram necessários para criá-la. Eles fizeram um trabalho incrível em manter o jogador imerso nela e nos deixaram querendo ver mais.

Pessoalmente, acho que a Ishimura é tão icônica para o mundo dos jogos quanto a Nostromo de Alien é para o mundo do cinema.


Arquivos originais

A importância de se ter arquivos do jogo original é um fator que sem dúvida ajuda, e Catherine Stewart, designer de níveis do remake, fala mais sobre o processo.

Também tivemos a sorte de ter os arquivos de layout do jogo original, mesmo que estivessem em um formato bem desatualizado. Um de nossos designers resgatou todos os dados que pôde para que pudéssemos colocar esses ativos completamente hackeados no remake de Dead Space como um ponto de referência inicial.

O diretor de arte adjunto Roy Tuazon, fala que mesmo com todo o material original, ainda assim foi um grande desafio.

Tivemos que pegar os cenários de jogo, juntar tudo e encaixar dentro de uma nave 3D. E depois, tivemos que mover algumas áreas para que tudo fizesse sentido. Também tivemos que aumentar ou diminuir o tamanho de algumas áreas, colocar corredores entre elas, esse tipo de coisa. Mas não colocamos coisas só para dizer que fizemos isso. Tudo que colocamos foi porque fazia sentido, porque se encaixava.

USG Ishimura

Se você não conhece essa nave tão icônica, a publicação dá uma breve descrição.

A USG Ishimura é uma obra de arte da engenharia. Fabricada em 2446, o primeiro “Extrator Planetário” foi feito para minerar materiais vitais das profundezas do espaço. Com aproximadamente 1,6 km de comprimento e uma tripulação de mais de mil pessoas, ela representa o auge técnico da humanidade.

Só há um problema: também está infestada com seres humanos reanimados e grotescamente deformados que só querem caçar você.

O remake de Dead Space será lançado no dia 27 de janeiro de 2023, para PS5, Xbox Series X/S e PC.

Assassin’s Creed Valhalla: O Último Capítulo chega em dezembro

Morre o ator Jason David Frank, o Tommy de Power Rangers