Disponibilizado em PDF, roteiro do episódio 3 de The Last of Us vai concorrer à indicações ao Emmy

Reprodução

Em uma série de artigos do Deadline, It Starts On The Page apresenta 10 roteiros de séries dramáticas de destaque na disputa do Emmy de 2023, que mostra o papel crítico que o trabalho do escritor desempenha no sucesso de uma série. Vencedor do Emmy por Chernobyl, Craig Mazin coescreveu o roteiro da série de The Last of Us da HBO, ao lado do cocriador do jogo, Neil Druckmann. Mazin enviou o roteiro do episódio 3 para concorrer à premiação.

“Long Long Time” dividiu opiniões, mas sem dúvidas foi um dos episódios mais emocionantes do show. Há quem esperasse uma adaptação direta dos eventos do jogo que introduzem Bill, mas na TV, o personagem ganhou uma história com Frank completamente inédita, e tem mais de uma hora de duração.

“Eu queria explorar como dois tipos muito diferentes de amor – o carinhoso, generoso e embelezador, assim como o protetor e possessivo – poderiam existir em equilíbrio,” disse Mazin. “Minha esperança era que as pessoas vissem no relacionamento de Bill e Frank a vitória do amor honesto, alcançável e realista… até mesmo no final de Bill e Frank. Afinal, cada um de nós vai acabar. Isso não é um fracasso para qualquer vida bem vivida ou para qualquer amor que compartilhamos. É simplesmente o ato final do que esperamos ter sido uma bela peça. E se tivermos sorte, como Bill, deixamos para trás uma lição que inspira outras pessoas a viverem como nós. Frank muda Bill para melhor. Bill muda Joel para melhor. Joel muda Ellie para melhor.”

Drama pós-apocalíptico estrelado por Pedro Pascal e Bella Ramsey pode ser indicado em julho à várias categorias do Emmy. Com 64 páginas, roteiro do episódio 3 foi disponibilizado em PDF >> LEIA AQUI <<

Vendas de The Last of Us disparavam, sempre que um novo episódio da série era exibido, revela chefe da Sony

2ª temporada de The Last of Us será “mais sombria,” diz Bella Ramsey