FinalFantasy XVI estreou com 88 de aprovação no Metacritic; O que estão dizendo

Desenvolvido e publicado pela Square Enix, o décimo sexto título principal da série Final Fantasy chega ao PS5 amanhã (22) e recebeu notas mistas no principal agregador de críticas, Metacritic.

Dirigido por Hiroshi Takai e produzido por Naoki Yoshida, Final Fantasy XVI conquistou uma média de 88/100 em 102 avaliações da crítica especializada. Embora tenha alcançado nota máxima na maioria dos sites que cobrem a plataforma PlayStation, há algumas análises minuciosas que valem muito a pena conferir. O VideoGamer [70], por exemplo, diz que “Final Fantasy 16 é um espetáculo rico e visualmente cativante, com cenários cativantes decepcionados por uma história inchada e combate sufocado,” enquanto IGN [90] aponta que ele tem “excelente história, personagens e construção de mundo estão lá com o melhor que a série tem para oferecer”. Confira o resumo do que estão dizendo sobre o jogo.

PSX Brasil | 100

Inspirado no passado, mas sempre moderno, Final Fantasy XVI é a revisão que a série precisava com qualidade incomparável. Impulsionado por uma história fantástica e personagens carismáticos, construído sobre uma jogabilidade acessível, empolgante e gráficos impressionantes no PS5, ele se consolida como um dos melhores jogos da história da franquia.

MeuPlayStation | 100

Épico. É tão simples quanto isso quando se trata de Final Fantasy XVI. Narrativa, gráficos, game design, combate. É uma experiência perfeita para novatos e fãs hardcore. Inovador, mas também fiel às raízes da franquia, é com certeza um dos principais títulos de um 2023 realmente recheado de jogos.

PlayStation Universe | 95

Muito pouco atrapalha o sucesso que Final Fantasy XVI cria. A força do combate em cima de uma narrativa envolvente e profunda rouba o show. Apesar da pouca necessidade de exploração do mundo e da ocasional textura de resolução mais baixa, Final Fantasy XVI permanece fiel ao homônimo enquanto segue seu próprio caminho.

Hobby Consolas | 92

Assim como a Fênix, Final Fantasy XVI renasce das cinzas para recuperar seu trono entre os melhores RPGs. É um jogo que exala confiança e firmeza na hora de realizar tudo o que não víamos na saga há anos, mostrando que Final Fantasy não precisa esperar sua vez de brilhar como uma estrela.

IGN | 90

Apresentando combate rápido, baseado em reflexos e ação pesada, Final Fantasy 16 é certamente um desvio do que os fãs podem esperar de um jogo Final Fantasy, mas sua excelente história, personagens e construção de mundo estão lá com o melhor que a série tem para oferecer. oferta, e o recurso inovador Active Time Lore deve estabelecer um novo padrão para como os jogos longos e cheios de história mantêm os jogadores investidos em seu mundo.

PC Games | 90

Ótimo jogo de RPG de ação com um enredo emocionante, momentos épicos, combate rápido e um cenário escuro que é leve em elementos de RPG.

DualShockers | 90

Final Fantasy 16 é uma excelente entrada na série, com uma história emocionante, combate emocionante, personagens diferenciados e um protagonista sempre encantador em Clive.

Meristation | 90

O Final Fantasy mais autoconfiante em décadas. Uma aventura épica bem trabalhada que consegue fazer o seu próprio enquanto presta homenagem ao nome que carrega.

GameSpot | 90

Pode falhar em alguns aspectos, mas deve ser celebrado por seus momentos mais impressionantes e pelos personagens que os personificam. FFXVI é bem-sucedido e ganha seu lugar no panteão de Final Fantasy como uma das grandes entradas, e o faz em seus próprios termos.

Push Square | 90

No seu melhor, Final Fantasy 16 é um épico de cair o queixo de proporções raramente vistas. É praticamente o auge do espetáculo cinematográfico nos jogos modernos, e sua história emocionante e emocionante só é igualada por seu fantástico sistema de combate. Embora sua qualidade geral caia fora do enredo principal, este ainda é um RPG de ação obrigatório e o melhor Final Fantasy para um jogador em mais de uma década.

GamesRadar+ | 90

Ao abandonar o combate por turnos para combates corpo a corpo pesados, Final Fantasy 16 recaptura o espírito de reinvenção ao qual a série se presta. Esta nova abordagem para a ação combina com um mundo que você vai querer explorar e uma história cativante que é poderosamente executada por seu elenco de voz. No geral, Final Fantasy 16 é uma experiência que está ao lado dos grandes nomes da série.

Game Informer | 85

Com mais de 65 horas de FFXVI atrás de mim, ainda tenho muito a fazer além da história e estou feliz que meu tempo com o mais recente da Creative Business Unit III ainda não acabou. FFXVI tem alguns dos meus momentos favoritos no Final Fantasy moderno, mas seus pontos baixos ameaçam o ritmo em que chegam. Eu gostaria que os vários elementos do FFXVI estivessem interligados de forma mais perfeita. Ainda assim, quando olho para o meu tempo com Clive, seus amigos, seus inimigos e Valisthea, é desses momentos altos que me lembro vividamente. FFXVI é muito diferente de seus predecessores, mas em muitos aspectos, muito familiar; E ainda é um Final Fantasy, por completo, me lembrando porque eu amo tanto esta série.

TheGamer | 80

Final Fantasy 16 é um novo marco ousado para a série que coloca a complexidade emocional e a corajosa construção do mundo em primeiro plano. A jornada épica de Clive Rosfield é definida por ataques constantes de dor e tragédia, mas também é alinhada com uma aura inescapável de esperança em como nossos heróis estão lutando por um mundo que vale a pena salvar. Vale a pena proteger cada pessoa que você conhece e aldeia salva da ruína, com diálogo sincero e combate feroz misturados a serviço de um RPG que, embora falho e glacial em alguns pontos, eu lutaria para rotular como algo diferente de um triunfo.

VG247 | 80

FF16 é claramente o Final Fantasy para um jogador com melhor número desde a era do PS2. Para os fãs da série, FF16 inevitavelmente provocará debates. Espero que seja amado e insultado. O discurso será insuportável. A propósito, é assim que você pode dizer que é um bom Final Fantasy. Para os recém-chegados, isso apresenta um Final Fantasy diferente e completamente moderno: cheio de maravilhas, alegria e falhas de uma forma que parece mais apropriada para o resto da série.

VGC | 80

Final Fantasy nunca jogou melhor, e o elenco de 16 está destinado a ser o favorito dos fãs. Nós apenas desejamos que, quando eles estiverem fora das aventuras de sucesso de bilheteria de Hollywood da missão principal, eles tenham algumas aventuras mais interessantes para perseguir.

VideoGamer | 70

Final Fantasy 16 é um espetáculo rico e visualmente cativante, com cenários cativantes decepcionados por uma história inchada e combate sufocado.

Eurogamer | 60

Um sistema de combate inteligente sob o peso de uma novela pseudo-medieval cheia de personalidade, mas pesada, com alguns dos chefes mais grandiosos e missões secundárias mais chatas da história do FF.

The Enemy | 60

Final Fantasy XVI é um jogo confuso que às vezes entrega e às vezes não. O novo sistema de combate só fica bom depois de muitas horas e as missões de busca são um insulto. Ainda assim, a história é cativante e os personagens também.

Atriz que vai interpretar Abby em The Last of Us HBO ainda não foi escalada

Call of Duty: Warzone original será encerrado