Governo do AM abre licitação para compra de 18 unidades de PS5 com 5 anos de Plus para PMs

Pedido será feito pela Secretaria de Segurança Pública do estado, como parte de um programa de qualidade de vida no trabalho para policiais.

Imagem/Reprodução

ATUALIZAÇÃO

A Secretaria de Segurança Pública do Amazona informou que vai suspender “pregão que ocorreria no próximo dia 7″ para compra de 18 videogames PlayStation 5, 96 pufes e 18 poltronas de massagem que faziam parte de um programa de qualidade de vida no trabalho,” dizendo em nota que fará uma nova consulta ao Ministério da Justiça e que vai apresentar “novo projeto para equipar as salas de descompressão que vão ser destinadas aos servidores das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e SSP, uma necessidade das Forças de Segurança Pública.”

Notícia Original

Segundo a Folha, o governo do Amazonas abrirá no dia 7 de novembro uma licitação para adquirir itens que inclui, 18 videogames PlayStation 5, 96 puffs, 18 poltronas massageadoras e 18 máquinas de café com 12 seleções de bebidas, como parte de um programa de qualidade de vida no trabalho para policiais. Objetos são descritos em um termo de referência datado de 25 de setembro e autorizado pelo secretário-executivo da pasta, o coronel da Polícia Militar Anézio Brito de Paiva. O pedido será feito pela Secretaria de Segurança Pública do estado.

Um termo estabelece que se inclua no console PS5 um plano de assinatura (PS Plus) com disponibilidade de download de jogos pelo período de cinco anos. Secretaria diz que a compra se relaciona com a criação do Programa de QVT (Qualidade de Vida no Trabalho) nas “unidades da Secretaria de Segurança Pública do estado, com objetivo de promover iniciativas voltadas a melhorias nos respectivos ambientes de trabalho, a saúde e melhoria de qualidade dos ambientes de trabalho dos servidores do órgão.”

Entre os itens pedidos da licitação estão também, seis mesas de pingue-pongue, 18 TVs, mesas retangulares, cadeiras giratórias, armários e mais, no “modelo pregão pelo menor preço e o prazo de vigência do contrato será de 12 meses prorrogáveis”.

Secretaria disse em nota que a proposta é “promover um ambiente de trabalho saudável, auxiliando na manutenção da saúde mental de homens e mulheres que compõem o sistema, uma vez que a atividade policial é uma das mais estressantes do mundo”. Recursos para a compra foram destinados pelo Fundo Nacional de Segurança Pública ao Fundo Estadual de Segurança Pública e “não poderiam ser utilizados para outros fins, que não projetos voltados ao bem-estar estar dos servidores”.

Fonte:

Resident Evil Village já disponível para iPhone 15 Pro; Assista comparação com PS5

Comprador compartilha as primeiras fotos reais do PS5 “Slim”