Criador da série The Last of Us deixa em aberto se personagem na 2ª temporada terá destino igual ao jogo

Ainda que tenha aderido à greve de roteiristas em Hollywood, o coescritor e coprodutor executivo da série de The Last of Us, Craig Mazin, revelou estar preparando o roteiro da segunda temporada do show com Pedro Pascal e Bell Ramsey. A nova fase da adaptação da HBO, será inspirada nos acontecimentos do jogo PlayStation, The Last of Us Part II, e está planejada para estrear em 2025.

ALERTA DE SPOILERS DE THE LAST OF US PART II' A SEGUIR

Em conversa com Josh Horowitz, o showrunner falou se pretendem seguir à risca o material de origem.

“Certamente há uma expectativa de que a adaptação atinja os principais pontos do material de origem e isso é principalmente o que acontece,” diz ele. “Mas a maneira como eles acontecem eu acho que é o que importa, como eles acontecem, quando acontecem, do jeito que acontecem, essas são as coisas que importam.”

Mazin deixa claro que a adaptação pode ou não ter desvios, desde que seja para o bem do show.

“Quando se trata do destino dos personagens, não importa quem eles sejam, tudo o que posso dizer é que faremos o que quisermos, da maneira que for melhor para o show que estamos fazendo e sempre estaremos pensando, acho que as duas perspectivas que temos, que são a perspectiva de Neil como criador, e minha perspectiva como fã.

“Você não pode matar Pedro no episódio 3 da segunda temporada, como pode, há influências em jogo ou você tem criatividade, você sente que tem total liberdade criativa para fazer o que melhor serve a esta história?”, pergunta Horowitz.

“Digamos que sabemos exatamente o que vamos fazer. Todo mundo presume que vamos fazer coisas e eles não deveriam,” diz Mazin. “Não posso confirmar nem negar nada porque os artigos que serão escritos devem ser: ‘showrunner não pode confirmar nem negar'”.

Call of Duty: Warzone original será encerrado

Bethesda não lançará jogo de Indiana Jones para PlayStation