Mortal Kombat 1 quase teve Michonne em vez de Omni-Man

Edi Boon revela que antes de optar pelo personagem de Invincible, abordou o criador de The Walking Dead, Robert Kirkman.

Imagem/Reprodução

O primeiro convidado jogável do Kombat Pack, Omni-Man, está disponível desde o início deste mês em Mortal Kombat 1, mas poderia ter sido uma adição diferente do personagem de Invincible. Ed Boon disse que primeiro abordou o criador de The Walking Dead, Robert Kirkman, para obter permissão para incluir Michonne como parte do pacote de DLC.

“Coincidentemente, antes de irmos finalmente com Omniman, a primeira reunião que tive com
Robert Kirkman foi para conversar sobre a possibilidade de Michonne ser uma lutadora convidada em Mortal Kombat”, revelou Boon em uma publicação no X, com uma imagem contendo os nomes de Tremor e da personagem figurando entre os assuntos mais falados da rede de Elon Musk.

Ele não explicou o motivo de terem optado por Omni-Man em vez de Michonne, mas presumi-se que pode ter algo a ver com o recente lançamento da 2ª temporada de Invincible.

Anteriormente, o ator Andrew Morgado, que interpretou o Kollector em Mortal Kombat 11, e retornou a Mortal Kombat 1 como Reptile, sugeriu que T-1000 de Exterminador poderia chegar a Mortal Kombat 1 como DLC, que o próprio ator Robert Patrick teria feito um trabalho de voz anterior para o personagem.

DLC Phantom Liberty do disco de Cyberpunk 2077: Ultimate Edition para PS5 precisará ser baixada

Modo “No Return” de The Last of Us 2 Remasterizado para PS5 pode ter pelo menos 12 mapas