Reações negativas fizeram Bella Ramsey achar que seria “a pessoa errada” para o papel de Ellie em The Last of Us

Reprodução: HBO

O notável desempenho de Bella Ramsey em The Last of Us foi inundado de elogios, mas no início da produção Ramsey passou por uma tempestade de críticas negativas, que começaram quando foi escalada para o papel de Ellie na série da HBO.

Em nova entrevista ao The Wrap, Bella disse que a identificação com a personagem foi imediata. “Ellie veio muito naturalmente para mim. Alguns personagens, eu leio os roteiros e você já os sente sob a pele”, disse. Sua familiaridade com The Last of Us era de que seria apenas um videogame, mas ficou muito interessada. “A história e as descrições dos personagens eram tão boas, mesmo sem saber a escala, eu pensei, ‘Isso parece tão interessante. O tamanho do projeto nunca me incomoda – é mais sobre o quão interessante ele é. Isso foi incrivelmente interessante, e eu tinha ouvido falar disso e é um pouco gay, então eu pensei, ‘estou dentro.'”

Logo após o anúncio de quem interpretaria a famosa personagem no live-action de um dos jogos mais premiados da história, as reações negativas fizeram Bella Ramsey achar que seria “a pessoa errada” para o papel de Ellie.

“Há definitivamente uma pressão e eu senti isso enormemente, especialmente quando minha escalação foi anunciada e houve uma reação muito mista”, contou ao The Wrap. “A maioria das coisas que vi não eram boas e eu já estava pensando: ‘Eles escolheram a pessoa errada?' Senti essa pressão durante toda a filmagem. Mas agora saiu e todos estão felizes e eu estou feliz.”

A segunda temporada está prevista para começar no final do ano e Bella Ramsey antecipou com base no que viu do segundo jogo, que será “mais sombria” e sobre “os perigos do amor incondicional”.

3ª temporada de The Last of Us não está garantida e produtores estão decidindo onde terminar

Em estilo diferente, novo ‘Friday the 13th: The Game’ está em desenvolvimento