5 fatos sobre Silent Hill 2 Remake

O universo de Silent Hill está voltando, e a Konami deixou isso bem claro em seu último evento. Dentre todas as novidades sobre a franquia anunciadas, tivemos o anúncio do remake de Silent Hill 2 que está sendo desenvolvido pela Bloober Team (The Medium). Então hoje separamos 5 fatos sobre a nova versão, que você deve saber.

Moderno

De acordo com os desenvolvedores, o remake irá respeitar a essência que tornou Silent Hill 2 tão incrível, mas ao mesmo tempo, ele moderniza os aspectos de sua jogabilidade. Eles estão trabalhando com os criadores originais para garantir que isso aconteça. Com essa ajuda, eles estão recriando o sistema de combate, cenários e outras coisas.

Câmera

Na nova versão, o estúdio está trazendo a câmera de ombro para termos mais proximidade com James, e observarmos melhor os horrores que ele vai viver nessa cidade, e nos sentirmos parte deste mundo irreal e proporcionando sensações mais viscerais.


Sem português brasileiro

Esse é um fato triste para nós brasileiros, pois o game não terá o nosso idioma, apenas vai constar (pelo menos por enquanto), com português de Portugal.


Unreal Engine 5

Muitos jogos estão querendo aproveitar o poder da UE5, como por exemplo, The Witcher. Silent Hill não podia ficar fora dessa e na versão remake, ele terá todo esse poder a disposição, trazendo um terror e imersão, nunca antes vistos na franquia. Mateusz Lenart,  Diretor Criativo e Líder de Design da Bloober Team, falou sobre isso.

Alguns dos recursos da Unreal Engine 5 que realmente se destacam são Lumen e Nanite. Com eles, atingimos novos níveis de gráficos, altamente detalhados e realistas, ao mesmo tempo em que elevamos a atmosfera de suspense do jogo.

A Lumen é uma solução de iluminação global totalmente dinâmica que reage instantaneamente às mudanças de cena e de luz. Isso significa que a luz interage com o ambiente de maneira realista, como no mundo real. Todo o ambiente do jogo é iluminado de forma mais natural com esse recurso. A tecnologia Nanite, por outro lado, é uma ferramenta incrível para o trabalho dos designers. Com ela, os artistas conseguem criar mundos cheios de detalhes e ambientes mais realistas que parecem até ser de verdade


Recursos do Playstation 5

Os recursos do PS5, são ótimos para implementar a nova visão que o estúdio tem para este jogo. A tecnologia de áudio 3D do console, trará muito mais imersão, principalmente quando sabemos que Silent Hill tem efeitos sonoros assustadores, e tornar isso ainda mais realista e com qualidade superior em design de áudio, vai fazer com que novos e experientes jogadores, sintam-se dentro de um universo bizarro ao extremo, incrementando ainda melhor a essência da franquia.

Mas claro que além disso, teremos acesso aos recursos do poder do SSD, que vai garantir uma exploração sem telas de carregamento. O DualSense não ficou de fora, com o estúdio prometendo a presença do feedbak tátil e gatilhos adaptáveis.

O remake de Silent Hill 2 ainda não tem data de lançamento, mas será lançado com exclusividade temporária de 12 meses nos consoles para Playstation 5, e será lançado também para PC.

Animado com The Last of Us HBO, Ben Mendelsohn espera que série não “estrague” jogo

HBO não deve adiar episódios de The Last of Us por causa do Super Bowl LVII